keyboard_arrow_down Rolar rodapé

Notícias / Administração, Trânsito e Serviços Comunitários / 29 de junho de 2018 às 10:18

Vandalismo custará R$ 4 mil aos cofres públicos

Fotos: Anne Caroline Kunzler/ASCOM Prefeitura
Fotos: Anne Caroline Kunzler/ASCOM Prefeitura

A equipe da secretaria de Obras constatou, na manhã desta sexta-feira (29), um poço artesiano do município violado. O poço, que fica no Loteamento das Laranjeiras, abastece o local e o loteamento novo Modelo, que ficariam sem água ainda hoje em virtude do vandalismo. 

 

Segundo o responsável pelo setor, Sergio Luiz Loeff, a tampa (lacre) de concreto que o cobria havia sido roubada já há alguns dias e substituída por outra. Porém hoje, ao tentarem puxar água do poço, os funcionários se depararam com galhos, serragem e restos de construção (concreto) obstruindo o mesmo. Sem alternativa, a prefeitura precisou acionar uma empresa de perfurações de poços para que ele fosse reaberto.

 

Segundo a equipe, o serviço vai custar cerca de R$ 4 mil reais ao município. O secretário de Administração, Trânsito e Serviços Comunitários, Antonio Kunzler, esteve lá conferindo o estrago. "Isso é inadmissível. Delinquentes estão destruindo um bem público, um poço que não é da prefeitura, mas sim da cidade e abastece os próprios moradores. E quem paga por isso somos todos nós, já que o valor sairá dos cofres do município", ressaltou.

Deixe seu comentário sobre essa notícia

Últimas notícias

+ Notícias